SOLO

PROJETOS AUTORAIS

   Seu trabalho autoral está estruturalmente ligado a elementos das raízes musicais afro-brasileiras. Linhas melódicas e arranjos valorizados pela riqueza rítmica da música brasileira, harmonizam o conceito da sua obra.

 

    Em 2005 gravou seu primeiro trabalho solo autoral - Fabio Hess Bambas Cordas Brasileiras. Em 2006 lançou esse trabalho na Europa e para o mundo através do selo Espanhol Tangará. Neste mesmo ano o trabalho foi executado nos EUA e se classificou entre os melhores lançamentos pela rádio KBCS 93,1 FM, na categoria de músicas e culturas do Brasil. Nessa ocasião, Fabio Hess compôs a lista dos 10 destaques da categoria, ao lado de nomes consagrados como Hamilton de Holanda, Chico Buarque, Gal Costa, Joyce e Dori Caymmi, Jovino dos Santos, Nilze Carvalho e outros. Em 2007, com o Fhess Trio, lançou o trabalho em território brasileiro no palco da FNAC.

 

    Em 2007 e 2008, apresentou-se ao lado de artistas europeus por diversos países da Europa como Áustria, Alemanha, Itália, Portugal, França, Espanha, Dinamarca, Croácia e Suíça, levando sua cultura musical por importantes palcos deste circuito. Neste período, destacou-se com o trabalho desenvolvido com o pianista austríaco Martin Reiter, cujo disco ganhou a premiação de “Melhor Disco instrumental do ano de 2007” na Europa. Com este projeto Fábio Hess participou de uma grande série de concertos no período de 2 anos subsequentes.

 

   O segundo álbum de Fabio Hess, reafirma sua identidade e personalidade artística dentro do conceito de fusão entre a música brasileira com a música criativa do mundo. O trabalho é resultado de um projeto aprovado pelo Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Prefeitura de Curitiba. O disco traz um nome aparentemente anticomercial, mas nada mais é do que uma valorização das coisas que são mais importantes dentro do ponto de vista do autor, que justamente são aquelas não comercializáveis e não materiais que "Não Tem Pra Vender", como sentimentos bons e atitudes positivas, que acabam sendo bem representadas dentro da linguagem musical instrumental com sotaque afro-brasileiro. Além do afinado grupo que já trabalha com o músico, o disco conta também com a participação de outros grandes talentos como o legendário músico Wilson das Neves, que é homenageado com uma composição de Fábio Hess, e também com o maestro Jota Moraes ao Vibrafone, agregando muita experiência, musicalidade e energia dentro da temática do disco.

 

  Fabio Hess possui diversos trabalhos assinados como instrumentista, arranjador e diretor musical de vários artistas, principalmente do Sul do Brasil e da Europa. Tem seu trabalho reconhecido no continente europeu, por onde também ministra Workshops e Oficinas de guitarra e música brasileira.

 

Primeiro de Abril - Fabio Hess QUARTET

Não Tem Pra Vender - Fabio Hess QUARTET

Ternura - Fabio Hess TRIO

João Bolacha - Fabio Hess QUINTET

© fabiohess.com | Todos os direitos reservados.

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • SoundCloud - White Circle
  • Instagram - White Circle